Tipos de instituições


O Movimento VIVÊNCIAS atua em três tipos de instituições:

- Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI): instituições onde os idosos permanecem como residentes (há pouco tempo eram conhecidas como asilos). Na maioria dos casos, são idosos que não têm família ou que foram abandonados por elas.

- Centros-dia para idosos fragilizados (Centro-dia): instituições que recebem os idosos que necessitam de supervisão. É o caso, por exemplo, daqueles que estão iniciando um processo de demência ou que sofrem com sequelas de derrames. Nesses centros, os idosos passam o dia enquanto os familiares trabalham ou estudam.

- Centros de Convivência: locais destinados a promover atividades para idosos independentes. Essas atividades têm o objetivo de estimulá-los nos aspectos cognitivo, emocional e social, para que conservem suas independências pelo maior tempo possível.